Com quatro grandes indústrias, Cachoeira de Minas inicia nova era de desenvolvimento e progresso

Megatron

De alguns anos pra cá, o município de Cachoeira de Minas tem demonstrado que seu setor industrial vem crescendo e, com isso, aumentando a oferta de empregos, ampliando a renda da comunidade e contribuindo diretamente para o desenvolvimento do município.

Um dos primeiros passos no sentido de alavancar a industrialização da cidade foi dado entre os anos de 2009 a 2011, quando a prefeitura cachoeirense investiu R$ 1,5 milhão na ampliação dos galpões da empresa Megatron, que também investiu pesado em maquinários e equipamentos (mais de R$ 5 milhões foram gastos pela empresa na ampliação).

Com todo esse investimento, a empresa conseguiu aumentar sua produção e também o número de empregados gerados na cidade.
A ousadia em investir funcionou, pois a permanência da empresa deu início a um processo de industrialização mais intenso.

Nesse sentido, outra empresa instalada na cidade vem tendo papel decisivo. A PlastMG, fabricante de itens de segurança vem reforçando cada vez mais a sua linha de produção em Cachoeira. Na ação mais recente, a empresa adquiriu uma área de 24 mil metros quadrados, no bairro Tucum, onde dará início à construção de suas modernas futuras instalações. De acordo com Ralf Rodrigues de Oliveira, responsável pela divisão mineira do grupo PlastCor, a primeira fase da obra implicará na construção de um galpão de 4.000 metros quadrados, que contará com seções produtivas, escritórios administrativos, refeitório e salas de treinamento. Logo de início, assim que a PlastMG estiver funcionando em seu novo endereço, além dos atuais 180 empregos gerados, a empresa irá aumentar seu quadro de funcionários, passando a aproximadamente 230 empregados. A previsão é que a obra esteja concluída em fevereiro de 2013. “Nossa intenção é continuar essa expansão, estaremos trabalhando para, três anos após a inauguração da nova fábrica, trazermos toda a linha de produção que já existe em nossa unidade de Limeira, no interior de São Paulo”, explicou Ralf. “A empresa se vê em Cachoeira de Minas com uma grande estrutura num futuro próximo, com nosso prédio, uma área de lazer para os funcionários, gerando em torno de 350 empregos”, completou.

Outra empresa que vem contribuindo diretamente para o crescimento do setor na cidade é a Gabrielle Confecções, pertencente ao grupo J.Akka. A empresa está em fase final de construção de seu novo prédio, localizado no bairro Beira Rio.

A empresa está à quatro anos em Cachoeira de Minas e emprega atualmente 70  funcionários.

As obras do novo prédio tiveram inicio há um ano e meio, com área construída de 2 mil metros quadrados, uma obra avaliada em mais de um milhão de reais.

Com o novo endereço, a empresa ampliará toda a sua linha de produção. Com a expansão, a expectativa é aumentar o quadro de funcionários para 250.

A obra deverá ser inaugurada no final de julho ou começo do mês de agosto.

 

 

Vem mais – E a boa fase da industrialização cachoeirense vai continuar. Com o apoio da prefeitura, uma nova empresa passará a funcionar a partir do mês de julho na cidade: a Vesta Indústria e Comércio de Artigos de PVC.

Inicialmente, a nova empresa irá gerar 20 empregos diretos, sendo instalada em um galpão no bairro Santa Bárbara, que está em fase final de construção. O objetivo é que a oferta chegue a 100 empregos gerados em Cachoeira de Minas.

 

 

 

Fonte: Jornal Jsul

Deixe um comentário

Comentar

*Obs: Comentários sujeitos à aprovação!

© Portal Cachoeira de Minas | Desenvolvido e mantido por: CSC Technology